Notícias
 
Empregos na construção civil têm alta de 3,88% no primeiro trimestre do ano
27/04/2012

O emprego na construção  civil do País fechou o primeiro trimestre de 2012 com alta de 3,88%, sendo de 123.272 o número de empregados com carteira assinada no período de janeiro a março deste ano. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (27) pelo SindusCon-SP (Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo) e pela FGV Projetos em uma pesquisa do setor.

De acordo com o levantamento,a expansão já era prevista em função das obras anteriormente contratadas. Contudo, ainda é cedo para afirmar que a construção deverá seguir esse ritmo até o fim de 2012. "Os sinais sobre o desempenho da economia brasileira neste ano ainda são incertos", informou o presidente do SindusCon-SP, Sergio Watanabe.

Para se ter uma ideia, no final de março de 2012,o total de empregados do setor estava avaliado em 3,297milhões de trabalhadores em todo o País.

Mensal
O terceiro mês do ano apresentou também um leve crescimento na comparação com fevereiro. Segundo o levantantamento, a alta no período foi de 1,23%, o que representa um saldo positivo de 40.110 novos postos de trabalho. O crescimento se manteve ainda no acumulado dos últimos 12 meses, quando o setor registrouuma expansão de 8,14%, com 248.154 contratações.

Brasil
A pesquisa indicou ainda que, em março, o nível de emprego no setor da construção subiu em todas as regiões do País, sendo a região Sudeste a que mais admitiu trabalhadores: 24.009 empregos, o que equivale a alta de 1,47%, como é possível observar na tabela a seguir:

Região   Variação Mensal     Número de Vagas  
Norte 0,96% 1.882
Nordeste 0,79% 5.600
Sudeste 1,47% 24.009
Sul 0,58% 2.674
Centro-Oeste 2,33% 5.945
Brasil (Total) 1,23% 40.110
Fonte: SindusCon-SP

São Paulo
O estudo apontou também as oportunidades de trabalho geradas no primeiro trimestre do ano em São Paulo atingiram uma alta de 3,57% sobre dezembro de 2011, ou seja, o equivalente a 29.111 contratações com carteira assinada. Os dados revelam ainda que, no período em questão, o índice de contratados com carteira assinada no período somavam 845,4 mil trabalhadores.

Já com relação a fevereiro, o estado paulista teve uma alta de oportunidades com a contratação de 10.292 trabalhadores, sendo a capital a responsável por mais da metade (5.453 trabalhadores) dessse montante.


Fonte: Info Money
Link da notícia

 
HOME
EMPRESA
SOLUÇÕES
EQUIPAMENTOS
CLIENTES
PROJETOS
SUSTENTABILIDADE
GESTÃO DE RESÍDUOS
NOTÍCIAS
FALE CONOSCO
   
  Rua Ontário, 1432 - Jardim Canadá - Nova Lima - MG - Cep 34000-000 .: 31 3581-3827 .: destroy@destroy.com.br
ITALIC