Notícias
 

ExpoSucata e ExpoLixo chegam com mercado aquecido e ampla margem para crescimento
03/08/2012

A importância da reciclagem e reutilização dos descartes já não é mais um tema a ser tratado como curiosidade ou alternativa a métodos tradicionais de eliminação do lixo. Reutilizar e reaproveitar tornaram-se práticas essenciais em todo o mundo, e para a indústria e comércio são formas evidentes de aliar lucro à sustentabilidade. Com a função de indicar novos rumos e fomentar o mercado da reciclagem, limpeza pública, resíduos sólidos e afins, a 7ª edição da ExpoSucata - Feira e Congresso Internacional de Negócios da Indústria da Reciclagem surge como a maior reunião anual da indústria, mercado e tecnologia em resíduos sólidos da América Latina. Diante desse potencial, o evento esse ano estará dividido em dois grandes núcleos – Núcleo Reciclagem e Núcleo Lixo.

Encabeçado pela ExpoSucata, o Núcleo Reciclagem reúne a MercoApara, evento na América Latina especialmente voltado para mercado de reciclagem de papel, e a Reciclaplast, feira especializada em soluções para a reciclagem de plásticos. Já o Núcleo Lixo traz a primeira edição da ExpoLixo - Feira Internacional de Negócios do Mercado de Limpeza Pública, Resíduos Urbanos e Industriais, novidade que surgiu para congregar em um só espaço as tecnologias para se colocar a Politica Nacional de Resíduos Sólidos em prática. Todos são organizados e promovidos pela Ecobrasil, e acontecem de 11 e 13 de setembro de 2012, no Centro de Exposições Imigrantes, abrigando também o 7º Congresso Internacional de Negócios da Indústria da Reciclagem e o 1º. Congresso Internacional de Negócios do Mercado de Limpeza Pública, Resíduos Urbanos e Industriais. “A iniciativa de criar a ExpoLixo surgiu da constatação de que 70% dos expositores da ExpoSucata já eram fornecedores do setor de lixo. Ambos os setores devem crescer vertiginosamente e oferecer excelentes oportunidades de negócios”, explica Adriano Assi, diretor da organizadora.

Por seu potencial de agregar parceiros e diferentes áreas da reciclagem, a Exposucata & ExpoLixo 2012 estão ainda maiores. Serão 15 mil m² de área interna, o que representa um crescimento de 25% em relação a 2011, além de 8 mil m² de área externa para demonstrações de equipamentos e 2 quilômetros de pista para test drives. Empresas fabricantes de equipamentos para coleta, acondicionamento, transporte, movimentação, triagem e processamento de materiais recicláveis e resíduos urbanos e industriais em larga escala apresentarão seus produtos e soluções. Todos os eventos possuem abrangência internacional e são desenvolvidas especialmente para profissionais que buscam lucro com resíduos sólidos – sejam eles recicláveis ou não. Em sua última edição, em 2011, a Exposucata contou mais uma vez com a participação internacional de empresas da Alemanha, Bélgica, Canadá, Espanha, Estados Unidos, França, Inglaterra, Itália e Portugal.
A feira representa um setor em crescimento -Estatísticas também apontam para todo o potencial que os negócios do lixo e reciclagem possuem no Brasil. Entre 2010 e 2011 o aproveitamento de resíduos sólidos cresceu cerca de 70%, e o número de empresas que passaram a monitorar os resíduos em processos de produção subiu de 81,3% para 94,9%, já a reutilização de materiais passou de 31,3% para 69,2%. Quando são comparados números sobre a coleta seletiva nas cidades do Brasil, o cenário também é positivo: entre 2000 e 2008 o número de municípios que praticam a coleta dobrou. E mesmo assim, o fôlego para desenvolvimento é enorme, já que apenas 19,5% dos municípios praticam separação para reciclagem, segundo o IBGE.

Materiais como sucata eletrônica e resíduos de construção e demolição (RCD) são os que registraram maiores altas em políticas de tratamento de resíduos sólidos; segundo a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o Brasil joga fora sete milhões de televisores e 5,5 milhões de computadores por ano. Ainda em 2010, 31 milhões de toneladas de lixo vieram de construções e de demolições. De maneira geral, pode-se dizer que, entre 2007 e 2011, 21 ramos avançaram nessa prática, resultado do aparecimento da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em fase de regulamentação e estabelecida pela Lei 12.305 de 2010.

Entre os diversos pontos estabelecidos, fica proibido no artigo 47 o “lançamento in natura a céu aberto, excetuados os resíduos de mineração”. Tal medida, junto do artigo 54, que dá conta da disposição final adequada dos rejeitos até quatro anos a partir da lei, estabelece o final dos lixões a céu aberto até 2014. A PNRS também apresenta planos de resíduos sólidos em municípios, além de estabelecer a prática da logística reversa, que determinará de quem é a responsabilidade de produtos e embalagens. Esse conjunto de medidas deve ser elemento importante da Exposucata 2012 e aquecerá ainda mais o mercado em busca de adaptação e aumento de produtividade.

O fim dos catadores-Com o aquecimento da economia são criados novos postos de trabalho que absorvem a mão-de-obra que hoje trabalha nas cooperativas de catadores de todo o Brasil. É cada vez mais frequente o enfraquecimento e até mesmo o fechamento destas cooperativas por falta de mão-de-obra. Um estudo baseado nas propostas da Política Nacional de Resíduos Sólidos mostra que o Brasil necessitará de 500.000 novos catadores nos próximos anos para que estas tenham condição de atender as metas de limpeza pública, caso estas realmente venham a ser a opção escolhida para fazer o manejo dos recicláveis. A mecanização da coleta e a instituição de sistemas de coleta seletiva cada vez ganham mais destaque como a força que substituirá esta mão-de-obra informal nos próximos anos.

Exposucata -Realizada desde 2006, a Exposucata vem refletindo o crescimento do setor ano a ano. Em 2011, cerca de 2.530 pessoas participaram do evento que ocupou 9.876 m2 da área de exposição com mais de 60 marcas expostas. [www.exposucata.com.br, www.expolixo.com.br, www.mercoapara.com.br, www.reciclaplast.com.br ou pelo telefone (5511) 5535-6695].

.[Exposucata & ExpoLixo 2012 – Feira e Congresso Internacional de Negócios da Indústria da Reciclagem e Feira Internacional de Negócios do Mercado de Limpeza Pública, Resíduos Urbanos e Industriais. Eventos simultâneos: MercoApara e Reciclaplast , dias 11, 12 e 13 de setembro de 2012, das 13h às 20h (exposição) e das 9h30 às 18h (Congresso),noCentro de Exposições Imigrantes – Rodovia dos Imigrantes, km 1,5 – São Paulo. Obs.: Evento Técnico. Proibida a entrada de menores de 18 anos, mesmo acompanhados].


Fonte: Revista Fator
Link da notícia

 
HOME
EMPRESA
SOLUÇÕES
EQUIPAMENTOS
CLIENTES
PROJETOS
SUSTENTABILIDADE
GESTÃO DE RESÍDUOS
NOTÍCIAS
FALE CONOSCO
   
  Rua Ontário, 1432 - Jardim Canadá - Nova Lima - MG - Cep 34000-000 .: 31 3581-3827 .: destroy@destroy.com.br
ITALIC